O FIO DA MEADA (com que eu vou tecendo a vida...)

Esse blog tem de tudo um pouco(talvez um pouco a mais sobre tricô),e espero poder dividir algumas coisas que acontecem comigo e do que eu faço,com vocês. Bem-vinda(o)s ao meu cantinho!

segunda-feira, setembro 11, 2006

O DIA EM QUE A TERRA PAROU...

...Estava eu ainda dormindo com meu filhote mais novo,numa certa manhã,quando o filhote mais velho,então com 8 anos,veio me chamar:
-Mãe,tem uma coisa estranha acontecendo na TV.Parece que um avião bateu num prédio nos EUA.
Perguntei prá ele se não era algum filme e ele disse que não,que diziam que era ao vivo...
Levantei sonolenta e fui prá sala ver o que estava assustando ele.
A princípio eu achei que era mesmo um filme,até me dar conta que aquele terror televisionado ao vivo pro mundo inteiro,era a mais terrível realidade.
Conforme as notícias nos eram bombardeadas , eu fui me deixando cair estupefata no chão.
Aquilo não podia estar REALMENTE acontecendo!
Nasci e cresci em plena Guerra Fria,que era tão distante e ao mesmo tempo tão presente(embora esquecida a maior parte do tempo).
Eram tempos de não globalização,onde o "ao vivo" não existia,onde as guerras terminavam e a gente só sabia depois,e não na mesma hora.
E cresci sabendo também que bastava que um louco apertasse um mísero botão prá que tudo terminasse num piscar de olhos:bombas atômicas capazes de acabar não sei quantas vezes com nosso planeta,muito bem guardadas em terra e no espaço,nos ameaçavam constantemente.
Foi assim que eu cresci...
Mas com o passar do tempo e a "democratização" do planeta,a derrubada da grande maioria das esquerdas(que eram nossa grande ameaça-segundo nos contavam,o que não significava ser a verdade),fomos perdendo esse medo avassalador.
Nos descuidamos de ter medo de algo distante.
Até aquele fatídico 11 de setembro.
O medo voltou com tudo.
Fiquei tão assustada que comecei a chorar convulsivamente,agarrada no meu bebezão de um ano e pouco e no meu filhote mais velho.
Haveria um futuro prá eles?
Ou ninguém veria aquele dia terminar...
Assustada,aterrorizada,não conseguia me levantar de onde eu estava.
Simplesmente eu não acreditava que o fim estava tão próximo...
As cenas continuavam na TV,o segundo avião,as torres desmoronando,tal qual meu mundo e meu futuro.Meu medo havia se tornado pânico!
Naquele dia a impressão que tenho é que a Terra parou.
Parou aterrorizada diante de milhões de TVs mostrando aquelas imagens que jamais sairão da memória de quem as presenciou.
Não vou entrar no mérito da questão,de quem está certo ou errado.Como Historiadora eu tento ver a coisa de todos os ângulos possíveis antes de julgar um fato.Nada acontece por acaso...nem aquilo.
Mas enquanto eu vivenciava aquele fato histórico,eu não conseguia ver lados para julgar,só sentir medo de um futuro,naquela hora,inexistente.
Conforme o dia foi passando,fui me acalmando um pouco,mas não conseguia me separar dos meus filhos prá nada.Nem na Escola o mais velho foi.Se tivesse que acontecer alguma coisa eu queria estar com eles...passei o dia esperando algum barulho diferente ou um aviso de que estava tudo acabado.Uma neurose aflorada na marra,diante dos acontecimentos vivenciados.
Nada aconteceu,além daquilo que vimos e sabemos.
O medo premente foi passando,a vida voltando ao normal(normal?).
Mas a cada cena daquela tragédia que repassa na TV,eu me lembro do medo e da angústia que vivi naquele dia:11 de setembro de 2001.
O dia em que a Terra parou.
Beijoconas,
Rosi

PS.: Dêem uma lida no texto que está no link abaixo.Tem tudo a ver com o nosso cotidiano...
http://www.verbeat.org/blogs/avozquenostrai

posted by Rosi | 4:28 PM

1 Comments:

Blogger Iona Loyola said...

Conheci ha pouco o seu blog e me indentifiquei com vc, sou meio dona de casa/artesa empresaria rsrsrs... trabalho em casa. Misturo tudos os afazeres e trabalho... vc resumiu muito os meus sentimentos comentando aquele dia tao tragico o "Sep 11th"... vivemos tudo aquilo pessoalmente...vimos o nosso desespero espelhados em todos os rostos, houve uma cumplicidade jamais sentida antes eramos todos realmente irmaos , ligados agora pela dor e terror... tive que ir as pressas buscar minha filha na escola...o coracao aos pulos... sentimos o cheiro de queimado espalhado pela cidade...um horror...mas agente sobrevive e o tempo eh o melhor remedio para acalmar as tristezas...obrigada pelo seu blog que eh maravilhoso... desculpa escrevi tanto... me empolguei..asim que souber vou tambem fazer um link para a sua pagina...tenha um bom dia bem produtivo..bjs

ter set 12, 11:50:00 AM 2006  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home