O FIO DA MEADA (com que eu vou tecendo a vida...)

Esse blog tem de tudo um pouco(talvez um pouco a mais sobre tricô),e espero poder dividir algumas coisas que acontecem comigo e do que eu faço,com vocês. Bem-vinda(o)s ao meu cantinho!

sexta-feira, março 24, 2006

TÔ MAIS TRANQÜILA,MAS CONTINUO INDIGNADA...

...por volta das dez e meia da noite de ontem o marido chegou em casa.Graças a Deus!Machucaram ele um pouquinho nas costas,quando renderam ele prá assaltá-lo.O resto é só o trauma e a revolta que ficam durante um tempo...
Obrigado,gurias,pelos comentários,e concordo com tudo o que vocês disseram,principalmente a idéia da Vera,que disse que os governantes iriam tomar alguma providência se tivessem que ressarcir cada cidadão ,nos bens perdidos por causa da marginalidade que anda à solta por aí.
Mas,e as vidas perdidas por causa de um boné ou de uma mochila com cadernos?Qual sera a avaliação feita?
O problema do Brasil está nos governos,e não só nos atuais(em todas as esferas-federal,estadual e municipal),mas remonta à descoberta do Brasil...Lá é que tudo começou errado:mais de 500 anos de desgoverno só poderia dar nisso!
Desde criança eu ouço falar que o Brasil é o país do futuro!Mas ninguém diz que tipo de futuro,se bom ,se mau,se negro(e é triste ver que é prá esse último que estamos indo a passos largos).
Que futuro podemos esperar pros nossos filhos pequenos?Presos desde bebês em casas gradeadas até o teto,quando os bandidos andam soltos e nós,cidadãos cumpridores de suas obrigações,vivemos em verdadeira prisão domiciliar?
Eu não tenho coragem de mandar meu filho mais velho ao mercadinho perto de casa por medo que ele não volte...
E a Elaine disse uma coisa que também é verdade:muitas pessoas caem na marginalidade por opção,sim.Porque é muito mais fácil de conseguir as coisas assim,roubando,pois se o bandido não é pego em flagrante ele nem é preso,e a acusação que recai sobre ele tem a pena reduzida(isso quando a polícia corrupta que o prende não solta ele na outra esquina em troca de alguma vantagem).A própria Lei facilita a vida deles.
Ah,e ainda tem os Direitos Humanos(onde leia-se,quase sempre,direito dos bandidos).
É também uma tristeza que exista uma boa parte da sociedade que não tem direito a nada.Mas no meu ponto de vista essa parte que vive marginalizada está aí única e exclusivamente por falta de educação:educação prá respeitar a sí e ao próximo,educação prá que se tenha só o numero de filhos que se possa sustentar,educação pra que se tenha uma profissão(e nem precisa ser nível universitário,não),educação prá se gerar uma classe política que seja confiável,educação prá que se respeite o princípio básico de que a minha liberdade termina onde começa a do outro,educação prá que haja investimentos de parte dos que detêm o poder econômico no sentido de geração de mais e mais empregos ,educação prá que o salário não seja só o mínimo,mas o merecido,etc.
Mas infelizmente vivemos no país do jeitinho brasileiro,onde sempre devemos levar vantagem em tudo,certo?
Mas dessa vez o marido voltou são e salvo prá casa(graças a Deus),e recuperaram o carro dele hoje(todo depenado e batido,claro).E ainda tem que pagar as diárias do depósito da polícia,prá onde o carro foi guinchado.
E,prá variar,nós sempre temos que pagar a conta!
Que se apresenta mais salgada (ou amarga)dia após dia...e olha que nem cheiro de pizza ela tem!!
Gente,eu normalmente sou uma otimista de carteirinha,mas não sou de ferro,nem alienada,por isso tô indignada.Mais tranqüila,mas indignada...
Beijoconas prá todo mundo e tenham um bom fim de semana!
Rosi

posted by Rosi | 8:49 PM

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home