O FIO DA MEADA (com que eu vou tecendo a vida...)

Esse blog tem de tudo um pouco(talvez um pouco a mais sobre tricô),e espero poder dividir algumas coisas que acontecem comigo e do que eu faço,com vocês. Bem-vinda(o)s ao meu cantinho!

quarta-feira, setembro 19, 2007

VOTEM,VOTEM,VOTEM Nº5...

...Pois a minha amiga lá do grupo,a Grace(Milady ,prá nós),dona do novo e ótimo blog As Tramas de Milady,entrou no Concurso Mãos de Fada, da Línea Itália,e é uma das 5 finalistas(foi escolhida entre mais de 4 mil trabalhos de todo o Brasil)!!
Uau!!!!
Só que prá ganhar ela precisa de muuuuuuitos votos.E essa é a razão desse post:
A votação é feita somente por telefone : 019 - 3871-9620 e vai até o dia 26 de setembro !
Peço a quem puder que votem na FINALISTA 5.
Cada votante deixa seus dados,além do seu voto,e concorre a uma cesta repleta de produtos da Linea Itália.
Além de ajudar a Grace(o prêmio é ótimo)ainda "corremos o risco" de sermos sorteadas também...
Dêem uma olhadinha na obra de arte da Milady lá no blog dela e depois votem nela correndo,por favor!!
Afinal,se a gente estivesse concorrendo também iríamos gostar de receber muitos votos e vencer...
Vamos lááá...
Agradeço de coração.
Beijoconas,
Rosi

posted by Rosi | 1:40 AM | 12 teceram o fio da meada links to this post

quinta-feira, setembro 13, 2007

ADAPTANDO ACESSÓRIOS...

...Simplesmente enlouqueço cada vez que visito o site da Patternworks ou recebo o catálogo deles em casa.Dá vontade de comprar quase tudo!!!
E fico muito aborrecida com os empresários brasileiros do ramo do artesanato em geral(fios,agulhas e demais acessórios-que é a parte que mais me interessa)que não conseguem ver que esse é um mercado muito promissor e que estamos a anos luz atrás do resto do mundo nesse quesito.
O que encontramos nas lojas do ramo são fios nacionais de qualidade que na maior parte das vezes deixa muuuito a desejar(ásperos,cheio de emendas ou de pouca rentabilidade,além de caros em sua maioria),ou fios importados de qualidade pior ainda(carésimos, fios esses que muitas vezes encalharam nos seus países de origem e que os importadores fazem a "gentileza" de trazerem prá cá-e a gente que se rale ao tecer um trabalho felpudo que fica careca na primeira manuseada ou que simplesmente não se consegue desmanchar caso seja necessário...).
E como não estou podendo comprar em dólar(mesmo a pouco mais de 2 reais o dólar),olho o que eu gostaria de ter e tento adaptar ao que está à mão,aqui no Brasil (de preferência perto da minha casa).
Esses são alguns dos meus objetos de desejo nesse site:
-Um "porta receita"imantado,cuja régua de marcação fica sempre no local da receita que se deseja marcar.Serve prá acompanhar a receita sem correr o risco da régua escorregar e a gente se perder,fazendo a carreira errada(cerca de 25 dólares-tam médio)...

-Marcadores de tricô leves( cerca de 4 dólares a caixinha)...
Uma régua de medir agulhas e que também dá a medida correta das amostras(cerca de 3 dólares)...
Como já disse,pensei muito e acabei adaptando o primeiro quesito desejado com os seguintes materiais:

-uma prancheta de eucatex(2 reais, na papelaria)

-folha imantada auto colante(20 cmX1m-5 reais, em lojas que vendem material para artesanato em geral)

-uma régua metálica(3 reais, na papelaria)

Obs.:confesso que a régua podia ser menor(encontrei uma de 20cm,mas custava 10 reais),e que encontrei uma prancheta metálica(que custava a bagatela de 40 reais)que me pouparia de tanta folha imantada,mas o produto final ficaria muito caro pro meu modesto bolsinho.

Cortei a folha imantada com a tesoura,no tamanho que precisava prá cobrir a maior parte da prancheta.Tirei a folha que cobre o adesivo e colei no local certo,apertando bem toda a superfície,prá ficar beeeem aderido.

Depois eu medi a régua e cortei uma tira de imã prá colar na régua também.Isso garante uma fixação ainda maior da régua com a prancheta.

O legal desse acessório é que dá prá movimentar a receita sem a régua marcadora sair do lugar.Eu ficava"pê da vida" quando estava fazendo uma receita muuuito difícil(como a Ferragamo,por ex.),me levantava e quando voltava a régua estava fora do lugar e eu tinha que ficar contando os pontos da agulha comparando com a receita à procura de onde eu tinha parado na receita...

E na foto abaixo a prancheta está de pé,prontinha,com a régua (sem sair do lugar)já marcando o meu próximo trabalho(não reparem a letra medonha):

E adaptei os marcadores de tricô com borrachinhas minúsculas,coloridas(essas são brancas) ,de colocar nos cabelos.São ótimas e baratíssimas(o pacotinho com 100 sai menos de 2 reais),e não dá dó se precisar cortar uma.Aqui cabe outra confissão:eu já tinha feito marcadores de tricô metálicos,bem bonitinhos,mas não consegui me adaptar ao uso deles.
Quanto à régua de medir a espessura das agulhas e amostras de tricô...ah,essa vai demorar mais,pois é mais difícil(mas não impossível) de se adaptar.Quem sabe alguém começa a fazer uma nacional(quando eu digo nacional -ela pode até ser importada da China ou Taiwan,desde que seja baratinha-quero dizer que seja vendida EM TODO O BRASIL e não só em lojas de São Paulo).

E agora,uma última confissão:eu já tive uma régua dessas,e feita aqui,no Brasil.A gente ganhava de brinde na compra de "X" novelos,numa loja aqui de Porto Alegre,chamada Lili.Mas ela quebrou(primeiro a régua,depois a loja),e eu bem que tentei remendar com fita adesiva(a régua),mas ela acabou se perdendo...buááá.Isso era no tempo em que eu era "aprendiz de tricoteira",no início da década de 80.

Mas isso foi lá no século passado...

Beijoconas,
Rosi

posted by Rosi | 10:37 PM | 14 teceram o fio da meada links to this post

FAXINA,FLORES E BEBÊS...

...No último feriado(7 de setembro) fomos fazer a faxina anual no trailer.Com o frio e a umidade do inverno a barraca mofa todinha,por dentro e por fora,e tudo fica coberto de pó.
Explico:quando o tempo começa a esfriar aqui no Sul(lá por abril-maio),nós paramos de ir lá pro Clube,e só retomamos nossas viagens de fim de semana prá lá quando recomeça a esquentar.
Como no último final de semana estava um calor digno de verão(com temperaturas acima dos 32ºC), sexta-feira juntamos umas roupas e alimentos e rumamos prá lá.
Como era de esperar,o trailer por dentro estava limpíssimo,com exceção de algumas formigas mortas no banheiro.
Mesmo assim limpamos( o marido,o filhote mais velho e eu) TUDO de cima a baixo,por dentro e por fora.Nenhum cantinho da nossa "humilde morada campestre" ficou sem ver um pano com desinfetante.Ufa!!!!
Mas valeu a pena.É gratificante,depois de tanto trabalho,tomar um bom banho e sentar prá curtir tudo limpinho,cheiroso,prontinho prá usar.Agora é só chegar lá todo o final de semana que tá tudo "nos conformes",só precisa dar uma varrida e passar um "pano básico",coisa rapidinha num lugar que mede menos de 40m quadrados.
Só consegui ver como o Camping estava lindo na manhã de sábado.Quando abri a janela do meu quarto me deparei com as pereiras completamente floridas(no verão comemos pera de graça,e fazemos doces deliciosos com elas).
Abaixo,a Av das Pereiras:
E um detalhe das flores,lindíssimas(pena que minhas fotos são tiradas com celular):

Ainda na sexta-feira à noite,após passar o dia faxinando,tomei um bom banho,jantei e comecei a fazer um casaquinho de linha pro filho do nosso(do Nicolas e meu)ortodontista,que fez um aninho no sábado(8 de set).
Fiz ele com uma linha antiga da Círculo chamada Jane,de algodão,em ag 4,5mm.O tamanho dele é 18 meses(fiz maior pro Guilherme usar no verão,na praia),e tive que fazer muuuitos cálculos prá chegar no tamanho que mostrava as medidas prá essa idade numa Montricô "idosa",já que eu não tinha a mínima idéia de medidas e numero de pontos a serem usados.
Acho que valeu a pena,pois ficou muito bonitinho:
E por falar em nenê,olhem só o sorrisão da Valentina:
A tia avó aqui fica toda prosa quando vê uma coisa linda dessas,principalmente com o comentário feito pelo papai dela:"Esse sorriso vale ouro..."
Que lindo!!
Beijoconas,
Rosi

posted by Rosi | 1:17 AM | 2 teceram o fio da meada links to this post

quinta-feira, setembro 06, 2007

FINALMENTE O MEU CLAPOTIS...

...Desde que vi pela primeira vez esse xale eu me encantei com ele.
Achei o formato dele "sui generis":um retângulo inclinado que começa a ser tecido por um dos cantos.
Vi a receita original e depois a traduzida,e achei muito difícil pro meu bico.Guardei na minha pasta de projetos.E lá ficou por mais de dois anos...
Eu teria que estar muuuito inspirada prá me dedicar à ele,quando resolvesse fazê-lo.
Tal qual a Ferragamo e o Baby Surprise Jacket,esse projeto chamou minha atenção pelo desafio que é tricotá-lo,dada a dificuldade(ao menos prá mim) que se apresentava ao ler a receita.
Noooossa!A cada carreira muda tudo,e há que se prestar muita atenção.
Esse tipo de trabalho não dá prá fazer vendo TV!
Então semana passada o dia da inspiração chegou.Assim,de repente.Acordei e pensei:é hoje!
Escolhi a lã(fio Maxi-Pierre Cardin cinza mescla,da"falecida" Santista),as agulhas(5mm)e pus mãos a obra(ou melhor,a tecer).
Prá ilustrar o andamento do trabalho,tirei uma foto dele todos os dias na mesma hora(15:30).Vale dizer que eu tricoto um pouquinho à tarde e bastante à noite.
No primeiro dia:

No segundo dia:
No terceiro dia:
No quarto dia:
No quinto dia,prontinho prá blocar com ferro a vapor*:
E meia hora depois de blocar,ele"vestido":

Quem quiser a receita em português,está aqui,e em inglês aqui.

Blocar o tricô:


Como expliquei num post mais abaixo,blocar significa dar a forma correta ao tricô.Normalmente é feito após o trabalho pronto,antes de unir as partes(de um blusão por exemplo).Alisa-se as partes umedecidas sobre uma toalha grande ou quadrados de borracha e dá-se a forma e o tamanho (normalmente prendendo com alfinetes)que o trabalho deve ter ao ser finalizado.Espera-se secar para costurar.Para vizualizar,dê uma olhadinha no blog da Solange,o Montricô.

*Blocar com ferro a vapor:sobre uma toalha grande ou cobertor,numa superfície firme e lisa,dá-se a forma desejada ao tricô seco.Se necessitar pode prender com alfinetes.Ligue o ferro no modo vapor.Coloque um tecido de algodão fino(o ideal é uma fralda de bebê-não as descartáveis,por favor)por cima da parte do tricô que vai ser blocada e passe o ferro sobre ela com uns 2cm de distância(não encoste o ferro no trabalho),deixando o vapor impregnar no trabalho.Esse vapor aliado ao calor é que vai achatar e dar a forma correta ao trabalho.Depois de fazer isso em todas as partes,é só costurar normalmente o trabalho.Se quiser dá prá fazer isso também depois do trabalho costurado,sobre as costuras(como eu fiz no meu casacão mesclado).Dá um acabamento bastante profissional ao trabalho.No caso do Clapotis,eu fiz a blocagem sobre o edredon da minha cama e saí usando logo depois.

Beijoconas,
Rosi

posted by Rosi | 11:06 PM | 11 teceram o fio da meada links to this post